contato@ghtransporte.com.br | +55 47 3045-1700

Novembro Azul: prevenção é todo dia

Novembro Azul é o mês dedicado especialmente à conscientização e combate ao câncer de próstata, doença mais frequente entre os homens. Mesmo a prevenção sendo importante durante todo o ano, por conta do dia 17/11, que é o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, novembro o foi o mês escolhido para representar essa campanha. Conheça, a seguir, mais sobre a doença e como ajudar pacientes diagnosticados. 

 

A GH Transporte incentiva todos os nossos colaboradores, todos os dias e não apenas no mês da campanha, a fazerem os exames e estarem com sua saúde em dia, pois apenas com um diagnóstico precoce da doença as chances de viver uma vida tranquila serão altas.Como disse nosso Diretor Comercial, José Roberto: 

“Não basta você se prevenir  do câncer de próstata só em novembro. Tem que se prevenir constantemente, todo mês como é o câncer de mama, como é a conscientização de trânsito, que tem que ser diária, não é nem mensal, é diária”.

 

Câncer de próstata

Para o diagnóstico da doença, podem ser realizados dois exames iniciais: o exame de sangue, feito por meio do Antígeno Prostático Específico (PSA) e o exame de toque retal. Juntos, esses dois exames podem trazer uma segurança de cerca de 90% ou mais, auxiliando no diagnóstico precoce.

 Os sintomas principais da doença são:

– Dor óssea;

– Dores ao urinar;

– Vontade de urinar com frequência;

– Presença de sangue na urina e/ou no sêmen.

 

Tratamentos da doença

Mesmo sem sintomas, homens a partir dos 45 anos com fatores de risco, ou 50 anos sem fatores, devem se consultar com um urologista para saber mais sobre o exame de toque retal, que permite avaliar alterações da glândula.

O tratamento da doença será definido por meio de alguns pontos como o estado de saúde do paciente, a localização e a extensão exata do câncer e a expectativa de vida. As principais opções de tratamento, dependendo do estágio da doença, são: conduta expectante, cirurgia, radioterapia, criocirurgia, hormonioterapia quimioterapia, vacinas e terapia alvo.

 

Como ajudar um paciente?

As melhores maneiras de ajudar um paciente diagnosticado com câncer é estar ao seu lado, presente no dia a dia, sabendo ouvir. Por ser um momento doloroso, é necessário estar aberto para conversar sobre assuntos variados para que a pessoa possa se distrair e pensar menos no que ela está passando. Acompanhá-la em viagens, passeios e confraternizações também são ótimas maneiras de demonstrar apoio e solidariedade. 

 

Fonte: Biblioteca Virtual em Saúde, Agência Nacional de Saúde Suplementar, Biologia Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado